desvios e retornos

veracruz

O “Retorno” depois de dois meses como orientador social  em uma comunidade em extrema pobreza e vulnerável a violência,desenvolvi encontros de convivẽncia e fortalecimentos de vínculos com crianças e adolescentes de 11 a 14 anos como parte de uma política pública implantada pelos CRAS(centro de referencia da assistência social)

1 Comentário

  1. guilherme

    Cuidado, agitador social, o sistema não perdoa quem estimula a organização social, principalmente quando se trata de fortalecimento de vínculos entre os seres humanos. Força e sucesso.

    Responder

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *