Arquivo Mensal: setembro 2009

Rita neves-computadores para o lab_bailux

blogimage10

Oi Galera   Sinceramente, o ENCONTRÃO superou as minhas expectativas, eu estava focada na pesquisa da metodologia de ENGENHARIA REVERSA  e PINTURA DE MAQUINAS. Na verdade eu descobri que METARECICLAGEM É MUITO MAIS QUE ISSO. E graças ao todos participantes, eu percebi que estava no caminho errado e fatalmente eu acabaria criando projetos sociais que formariam “robozinhos” MUITO OBRIGADA A TODOS, especialmente ao REGIS- grande batalhador Gostaria de contar com o apoio de todos, pois recebi duas propostas para criar Esporos : um no subúrbio de PERIPIRI e outro em Conceição de Almeida(interior da Bahia) Espero que a nossa contribuição de 20 CPUs  espalhe mais e mais sementes do nosso movimento.     Um forte abraço Rita Neves

Rita:os primeiros computaodres das voluntarias da bahia já estão conectados na internet rodando ubuntu e iniciando as primeiras oficnas dos aplicativos livres.Manteremos dez no laboratório do bailux dos vinte e um que vieram com vc de salvador,os outros serão repassados para os replicadores terem seu primeiro computador em casa e continuar estudando o linux.

valeu e estamos na sintonia.

abs,

Regis

Costumamos dizer que a internet é um atalho para o futuro

blog00002

Na wikipedia encontramos que inclusão digital é sobre a democratização do acesso às tecnologias da Informação, de forma a permitir a inserção de todos na sociedade da informação. Acreditamos que o acesso a internet é um direito do cidadão. Não é possível viver numa sociedade da informação quando uma parte da população não tem acesso aos computadores e consequentemente à internet. Aliás, a diferença no acesso a informação aponta para a lacuna do conhecimento. Pobres de informação tendem a ser cada vez mais pobres e ricos em informação cada vez mais ricos, gerando uma polarização crônica na sociedade

http://www.marketinghacker.com.br/

abs do bando

Hack_lab bailux conectado a grande r.e.d.e

blog00039

blog00032

Zonas de colaboração

A atuação das pessoas em blogs, fotologs, Orkut ou em qualquer não-lugar informacional faz com que a voz, a comunicação não mais seja monopólio da mídia de massa, ou da idéia da comunicação de um para muitos. Entendemos que desde a revolução de Gutenberg a humanidade não apresentou algo tão original como a Internet para o rompimento do paradigma cultural efetivado pelo modernismo. A conversa de muitos para muitos tem um alcance espetacular na relação de poder. O poder, para Foucault, provém de todas as partes, em cada relação entre um ponto e outro. Essas relações são dinâmicas, móveis, e mantêm ou destroem os esquemas de dominação.

http://www.marketinghacker.com.br/

!7 de setembro_Jurgen-Fernando-Regis-Diego-Ruan-Marcelo-Max participaram da transmissão direta do bailux.

no vamo q vamo,

abs do bando

Declarem interdependência

b00020

http://culturalrevolutionaries.org/?page_id=11

DECLARAÇÃO DE REVOLUCIONÁRIOS CULTURAIS 2009

Os Revolucionários Culturais, em 2009 …

_vivem, agem e trabalham com e não contra a natureza
_sabem que a vida é demasiado complexa para ser entendida a nível intelectual
_criam e apoiam economias locais e auto-reguladas
_valorizam e protegem a diversidade de qualquer tipo
_valorizam e praticam a interdependência, uma vez que sabem que nada é
realmente independente
_consideram-se equivalentes a todas as formas de vida
_protegem e apoiam a vida
_amam e apoiam incondicionalmente as crianças
_trabalham em si mesmo para uma maior consciencialização
_estão familiarizados com os princípios ecológicos e integrám-nos nas suas vidas
_consideram a música e a dança como uma parte integrante da sua
expressão e da sua comunicação
_vivem numa terra animada de vida e consideram-na como algo sagrado
_entregam-se e comprometem-se em benefício da sua comunidade
_sabem cultivar os seus próprios alimentos
_experienciam e apreciam a sua percepção sensorial
_celebram a vida
_cooperam
_deixam de pensar de forma “x ou x” para pensar de forma “x e x”
_partilham conhecimentos
_integrar o estar em processo como uma forma de ser e estar
_não se identificam com o seu corpo, nem com os seus pensamentos ou emoções
_vêem a mente como uma ferramenta
_apercebem-se de que não existe Bem ou Mal
_não se identificam com qualquer tipo de rótulo ou categoria social,
nem com o seu passado ou o seu futuro
_estão conscientes de que a essência de quem eles são é a própria vida
_assumem a responsabilidade pelas suas emoções
_estão conscientes e valorizam as suas relações com tudo o que de vivo
e aparentemente não vivo os rodeia
_valorizam e integram a sabedoria das mulheres
_valorizam e integram a sabedoria das culturas indígenas
_participam e investem em construir relacionamentos no lugar onde vivem
_valorizam o conhecimento generalista
_estão cientes que a mudança é um dos princípios fundamentais da evolução
_trabalham para a diversificação e descentralização
_evoluem do estado de consumidores dependentes para o de produtores responsáveis
_estão à procura de formas pelas quais os seus interesses e os seus
talentos se possam desenvolver
_resistem e eventualmente desobedecem a qualquer lei que ilegalize
formas de auto-governo, auto-produção e sustentabilidade
_estão informados sobre o actual sistema monetário e identificam-no
como uma forma contemporânea de escravidão
_identificam e boicotam monoculturas biológicos, culturais, sociais e
filosóficas
_boicotam monopólios de qualquer tipo
_questionam quem quer que promova uma única solução
_valorizam a ética ambiental e humana sobre qualquer tipo de
maximização de lucros
_boicotam empresas e bancos que operem com fins puramente lucrativos e
de de maximização de lucros
_estabelecem terras e florestas como bem comum
_estabelecem a água como bem comum
_estabelecem a biodiversidade e o conhecimento como bem comum
_estão conscientes de que todo o tempo participam no processo de co-criação
_permitem que a vida se desenvolva através deles

Berlin, 03/2009

a gente é bando paleolítico

blog00054

f

…..meta não é grupo, é metodologia. vocês têm que
entender isso e depois eles têm que entender isso
através de vocês. já discutimos profundamente isso.
ou não? se é grupo, é grupo aberto, o que não
funciona pra criação de identidades fixas. o
papel de vocês no projeto tem que refletir isso.
metareciclagem não é neolítico, grupo sedentário
com sua criação de vacas: a gente é bando paleolítico,
com papéis cambiantes. cada um é xamã, guerreiro,
caçador, por um dia, e depois muda. dinamismo,
adaptabilidade, caos. sem negar as desvantagens
disso, mas tendo consciência de que não é
viável mudar isso……..

blog00053

blog00056