[ Fundamentos ]

Apropriação crítica da tecnologia das Máquinas e da Biotecnologia. Desconstruir o papel delas é tarefa fundamental de um Metarecicleiro. Tratar a tecnologia como artesanato, como um quebra-cabeças simples, que pode e deve ser aberto, exposto, desmontado e remontado e reprogramado. apropriado, enfim. Nenhuma autoridade deve ser concedida àquele que entende mais sobre computadores,emoções ou plantas. Aliás, Metareciclagem não depende de máquinas: metareciclar tecnologia pode começar com lápis e papel,uma pequena horta,uma experientação em agrofloresta,meditação do silêncio ou uma simples percepção da respiração Um Metarecicleiro promove uma relação de aproximação com a tecnologia e com seu funcionamento.

Ênfase na Tecnologia BioSocial: a tecnologia (assim como a “Biologia”e o “Digital”) é ampla em significado e pode ser usada para objetivos mesquinhos ou superficiais. O uso que queremos dar à tecnologia é o uso social: a tecnologia como meio para agregar pessoas que têm interesses, dificuldades, oportunidades, em comum. Um Metarecicleiro usa a tecnologia como meio para promover a colaboração e a cooperação.

Software Livre,Conhecimento Livre,CitizenScience,Diálogo Intercultural,PublicHealth,Empoderamento Politico,Permacultura,Agrofloresta,Mindfullness: usamos tecnologias de código aberto, nem tanto pelo custo, mas por entendermos o conhecimento como bem coletivo e livremente apropriável. No mesmo sentido, buscamos sempre a criação de repositórios de conhecimento livre com base na prática cotidiana. Um Metarecicleiro documenta o que faz e usa as redes de afeto metarecicleira para compartilhar essa documentação.

Promoção do intercâmbio de conhecimento e oportunidades entre pessoas em diferentes “estados” de subjetividade da MetaReciclagem. Um Metarecicleiro usa todos dispositivos livres e abertos para contar para os outros o que anda fazendo

6 Comentários

  1. kleber andrade

    como eu faço pra ser aluno deste projeto

    Responder
  2. JULIANA MONIQUE

    Olá, sou monitora da INCUBA -Incubadora de Empreendimentos de Economia Solidária- UNEB; ssa BA. Gostaria do endereço de vcs para uma possivel visita e conhecer melhor o projeto.

    Responder
  3. bailux

    Juliana,
    estamos no tombo 18-parque central no arraial d’ajuda-porto seguro.me liga 7399917441

    Responder
  4. Anibal Guillermo Morini

    Actualmente vivo en Barcelona, España, pero estoy para viajar a Arraial con deseos de establecerme segunda quincena de Octubre 2010, soy técnico en instalaciones y mantenimientos de sistemas de red, telecomunicaciones, Redes LAN, Industriales, etc.
    Me gustaría conocerles a mi llegada, y compartir ideas, me agrada vuestro proyecto, y me gustaría colaborar, por ejemplo dando clases de enseñanza de instalaciones domesticas, etc.
    Me gustaría una opinión y respuesta, un abrazo.

    Responder
  5. Pingback: Divulgação Radiofônica / 

  6. Pingback: O Inicio | allfhacker

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *