Arquivo Mensal: janeiro 2009

Paulo bailux_no campus party[relato de bordo]

Rolou hj dia 21, um encontrão Metarecicleiro aqui no Campus Party 2009, teve uma bom público, contou com uma galera que eu conhecia somente por ações em rede, durante a semana estaremos traçando vários pontos para melhorarmos toda a nossa ligação de esporos e documentação em rede de todas as ações metarec em todo o pais…vai rolar uma conversa bacana aqui na lista depois desse encontro…

e campus party bombando!

Campus Party por felipe fonseca

ae todomundo

ontem fui lá no centro imigrantes pra uma reunião com todxs xs
coordenadorxs da campus party. foi legal, pra acertar os detalhes e
tomar aquele fôlego antes da correria. não fiz fotos, mas o seguinte:
o espaço é gigante. tem a área das barracas, a área de exposição e, no
meio de tudo, a Arena: um monte de mesas com tomadas e pontos de rede.
em um lado, tem a área de barcamp, inclusão digital e campus verde. a
gente vai usar pedaços da área de inclusão digital por duas tardes
(terça e quinta), e no resto do tempo vamos ter o Metalab: uma grande
bancada (20 lugares) na Arena.

De estrutura no MetaLab, temos pontos de rede e tomadas. Eu estou
levando uma máquina com monitor grande e som, onde dá pra exibir
vídeos e fazer outras coisas (mas som lá vai ser uma zona: é tudo
junto). Estou levando também a tela pra fazer camisetas de
MetaReciclagem e tintas. O Liquuid está levando o arcade que ele
montou no Sesc. Acho que segunda à tarde eu dou uma fugida até o PJ
pra buscar umas coisas pra decorar o pico e tal. O Pádua disse que vai
providenciar a bandeira da MetaReciclagem pra hastear na bancada. De
programação pro metalab, por enquanto tem a oficina do Glerm que o Léo
armou (bits & volts na unha), o lance da mitoreciclagem, talvez a
participação do Guilherme Maranhão com a refotografia (mas não sei,
porque ele vai dar oficina no campus verde). Eu vou brincar de
oraculismo e tecnomagia:
http://rede.metareciclagem.org/conectaz/Oraculismo . Se rolar tempo,
acho que o Guima podia fazer os metabots. Patrícia Fisch tinha
comentado sobre alguma oficina também… quem mais quer propor alguma
coisa?

Mais uma coisa: se alguém tiver demanda específica de material ou
ferramenta, a gente pode fazer aquela expedição à santa if e comprar
alguma coisa. A verba é pequena, mas sempre dá pra brincar. Eu vou
comprar tinta pra silk, mais umas cartolinas e canetões. Preciso
comprar chaves philips ou cês trazem? (metarecicleirx que se preze
sempre tem umas chaves de fenda na bolsa). Que mais? Componentes,
fontes, sensores, dispositivos?

E pra saberem, estamos contando com a ajuda operacional do Liquuid e
da Tatiana. Qualquer coisa que eu não responder, perguntem pra elxs 😉

Muito feliz aqui de finalmente conseguir fazer isso rolar. Ontem o Leo
Germani me fez lembrar que já tem alguns anos que eu falo sobre esse
bendito encontrão (encontrão mesmo, de esbarrarmos uns nxs outrxs) e
nunca tinha rolado. Agora vai.

Vejo vocês lá.